Andrew C. Robinson por
Rafael Albuquerque
em 10 de setembro de 2015

A Comic Con Experience foi sensacional, reuniu um grande público e promoveu uma bela integração entre artistas, escritores e público. Além disso, ela nos colocou frente a frente com o premiado ilustrador de O Quinto Beatle, a graphic novel que foi sensação em 2014, número um em vendas pelo The New York Times e ganhador de dois prêmios Eisner e dois prêmios Harvey.

Dono de um estilo único – próprio de quem tem muitos anos de carreira e talento de sobra – Andrew C. Robinson sentou conosco em São Paulo e, entre risadas e caipirinhas, respondeu algumas perguntas para os fãs e para nós, que óbvio, somos fãs também.

Brian Epstein e os Beatles por Andrew C. Robinson. © Dark Horse

Brian Epstein e os Beatles por Andrew C. Robinson. © Dark Horse

A entrevista

Desde quando você desenha? E quando e por que você decidiu trabalhar com quadrinhos?

Eu desenho desde que eu era criança. Nos anos finais da escola de arte eu tive a oportunidade de trabalhar para a Dark Horse, ilustrando histórias curtas para DHP (Dark Horse Presents). Isto iniciou a minha carreira nos quadrinhos.

Como um artista experiente, com vinte anos de carreira, quais são as características que você mais admira em um artista?

Eu admiro artistas com fortes habilidades de desenho, senso de estilo e idéias novas.

Peter Parker por Andrew C. Robinson. © Marvel Comics

Peter Parker por Andrew C. Robinson. © Marvel Comics

Um dos seus últimos trabalhos foi O Quinto Beatle que, além da grande história, apresenta uma arte incrível, cheia cores e cenas bonitas. Os personagens históricos, em especial os Beatles e Brian Epstein, estão perfeitamente representados, e isto às vezes é algo muito difícil de se realizar em quadrinhos. Você poderia nos contar quanto tempo você levou para ilustrar esta história e quais foram as técnicas que você utilizou?

Levei 4 anos para completar este livro, dentro de um orçamento bastante limitado. Foi uma luta para conseguir a aparência de todas as pessoas famosas retratadas nesta história e ao mesmo tempo manter os desenhos dentro da linguagem do meu estilo artístico. Eu coletei muitas referências de cada aspecto dos eventos históricos capturados nesta história. Este projeto é multimídia, e inclui grafite, nanquim, nanquim colorido, aquarela, acrílico, marcadores, lápis e guache.

Todo ilustrador de quadrinhos enfrenta alguns desafios no início de cada novo projeto. Qual foi o seu maior desafio ao desenhar O Quinto Beatle?

O maior desafio foi desenhar os personagens em muitos ângulos diferentes, preservando todas as suas semelhanças.

Quantas horas você trabalha por dia? Você tem uma rotina rígida ou você arranja o seu tempo de acordo com as necessidades de cada projeto?

Varia de 5 a 11 horas por dia, 6 a 7 dias por semana, e depende de cada projeto.

Capa de Conan por Andrew C. Robinson. © Dark Horse

Capa de Conan por Andrew C. Robinson. © Dark Horse

Você gosta de música? Você está acostumado a escutar música enquanto trabalha? Se sim, qual banda ou artista não pode faltar na sua playlist?

Sim, eu estou constantemente escutando música. Nick Cave, Johnny Cash e Brian Jonestown Massacre são alguns dos meus favoritos.

Esta deve ser engraçada, ou não, mas lá vai: Você escutou Beatles enquanto estava trabalhando em O Quinto Beatle?

Sim, algumas vezes eu escutei Beatles. Na realidade, eu sou fã deles desde a minha juventude.

Sequência de O Quinto Beatle por Andrew C. Robinson. © Dark Horse

Sequência de O Quinto Beatle por Andrew C. Robinson. © Dark Horse

Há alguns dias atrás, você esteve na Comic Con Experience, em São Paulo. Aquele foi o primeiro e maior evento do gênero no país e já é considerado como um ponto de virada na indústria de quadrinhos no Brasil. Qual foi a sua impressão sobre o evento?

Eu fiquei muito impressionado. Eu acho que foi um grande sucesso e gostei muito do entusiasmo de todos aqueles fãs maravilhosos.

Para finalizar. O que virá a seguir? Em qual projeto você está trabalhando agora e quando ele será lançado?

Neste momento eu estou dando continuidade ao meu livro Dusty Star. É um faroeste sci-fi. Você pode acessar em http://farragocomics.com e ler ele de graça. Eu também estou ilustrando capas para a Justice League United e trabalhando em mais projetos próprios com escritores ganhadores do Eisner, como Bob Burden.

Mais sobre Andrew C. Robinson

Website: http://www.nextexitcomics.com/

Serviço

quinto-beatle-livroO Quinto Beatle.
A História de Brian Epstein.

Vivek J. Tiwary, Andrew C. Robinson e Kyle Baker.
Editora Aleph.
Informações e venda.